Manter ou conquistar clientes novos? Entenda os custos

A busca por conquistar clientes novos é o objetivo principal de várias empresas. Afinal, há a associação que quanto mais pessoas adquirindo seus produtos ou serviços, mais o empreendimento está crescendo. Contudo, é preciso ter cuidado ao avaliar as métricas de sucesso a partir desse tipo de valor. Os novos consumidores estão satisfeitos? Eles retornam a consumir o seu produto?

São questões que devem ser feitas, afinal, ter uma alta taxa de novos compradores em um curto período pode ser interessante, mas é no médio e longo prazo que vemos como as iniciativas da empresa com os clientes dão resultados.

Para explicar melhor essa relação entre ter mais consumidores ou investir nos que já tem, neste texto, vamos falar sobre o que pode trazer mais resultados para a companhia. Entenda!

Manter ou conquistar clientes novos?

Essa pode ser uma pergunta difícil de responder, afinal, dependendo do tamanho de sua empresa, conseguir novos clientes tende a indicar um aumento nos lucros e na renda. E isso acaba auxiliando a companhia a fazer mais investimentos e melhorar a sua infraestrutura.

No entanto, em um médio e longo prazo, obter um número expressivo de novos consumidores pode não trazer resultados tão interessantes. Isto acontece, pois há chances de muitos desses novos compradores não continuarem utilizando os produtos ou serviços. Por isso, reforçamos a importância de trabalhar para mantê-los.

Além disso, é preciso estar atento com os custos que investir em novos clientes podem trazer. Para o famoso consultor de marketing Philip Kotler, atrair um comprador custa em média de 5 a 7 vezes mais do que conservar um atual. 

O que acontece é que, para atrair alguém, é preciso investir em campanhas de marketing, métodos de comunicação, descontos imediatos e até oferecer amostras grátis. Some a isso a imprevisibilidade de não saber se esse novo cliente continuará com a empresa. Tudo gera um gasto não só de recursos financeiros, mas também de tempo.

Qual é a importância de fidelizar seus clientes?

Como explicamos acima, se dedicar a obter sempre novos clientes pode gerar um custo muito grande e não trazer resultados a longo prazo. Entretanto, isso não significa que não seja uma iniciativa importante, pois, para criar uma base de consumidores, essa estratégia pode ser interessante.

Mas os clientes já conquistados não podem ser esquecidos. À medida que o negócio for ganhando experiência, boa parte da receita virá dos de longa data. Os consumidores fiéis são importantes não só porque serão o suporte da empresa a médio e longo prazo, mas também, porque são fundamentais para conquistar novos compradores.

Saiba que o marketing boca-a-boca ainda é um dos mais eficazes para atrair. Pessoas confiam em pessoas, ainda mais na era das redes sociais, em que muitos podem expressar tanto o seu descontentamento ou sua satisfação. Sendo assim, é crucial desenvolver iniciativas para tratar bem os clientes de longa data, pois, eles serão os grandes divulgadores de sua marca.

Quais as melhores práticas de retenção?

Agora que você sabe que é mais vantajoso trabalhar para manter seus clientes, vamos entender algumas técnicas para fazer isso. Continue!

Entenda a personalidade do seu cliente

A personalização para o atendimento de seus clientes é o que fará uma grande diferença nesse caso. Não é aconselhável tratar todos os seus compradores como iguais, principalmente se eles já estão há um certo tempo com você. 

Para isso, será fundamental analisar como eles se comportam, quais são as suas preferências de compras, os seus produtos ou serviços de interesse. Saber se eles consomem algum tipo de conteúdo que você produz, qual é o assunto que os mais interessa. Essas informações serão importantes para que você personalize o atendimento e consiga sedimentar a relação.

Aposte na experiência

Amostras grátis e até promoções que fazem o cliente ser o primeiro a experimentar algum produto são estratégias bem-vindas. É interessante apostar em fazê-lo ter uma experiência mais interativa com a empresa e esse é um dos primeiros passos para fortalecer o relacionamento. O resultado pode ser ainda melhor se o empresário estiver disposto a ouvir o que ele achou e o que consegue melhorar.

Desenvolva um relacionamento

Nessa etapa, as redes sociais farão uma grande diferença para melhorar a relação do cliente e empresa. Elas são uma das melhores formas de se aproximar do consumidor e desenvolver uma conversa. 

O ideal aqui é não só criar posts nos perfis oficiais da marca, mas também, gerar um verdadeiro canal de comunicação, perguntando opiniões, comentando assuntos relacionados e interagindo com os consumidores constantemente. Além disso, é importante que a empresa tenha uma boa rede de suporte e que esteja não só monitorando o que acontece, mas que forneça ajuda assim que for necessário.

Pesquise a concorrência

Estar de olho no que os seus concorrentes estão realizando é uma forma de melhorar aquilo que é oferecido por sua empresa. Isto porque será possível ver não só os pontos problemáticos, como o atendimento, os preços, como é o fluxo de compradores e outras informações. Dessa maneira, a empresa pode avaliar o que é interessante implementar em seu próprio atendimento.

Ofereça benefícios para os clientes antigos

Fornecer descontos, promoções, brindes e outros benefícios são uma ótima forma de mostrar para os seus consumidores de longa data o quanto eles são importantes para a sua marca. 

Por isso, é interessante que a empresa tenha um tipo de programa de fidelização. A ideia é que, depois de um certo período de relacionamento, o cliente tenha direito a alguns benefícios exclusivos. 

Você acompanhou até aqui qual é a melhor estratégia: manter ou conquistar clientes novos. Vimos que investir em consumidores antigos pode ser uma ótima forma de economizar e também atrair novos compradores. Além disso, mostramos que existem algumas técnicas que podem ajudar a tornar o relacionamento entre a sua empresa e o cliente melhor, como investir em benefícios exclusivos, criar canais de interação nas redes sociais e apostar na experiência. 

Esperamos que este texto tenha sido útil para você entender como o processo de obter clientes funciona. Quer continuar recebendo mais conteúdos como esse? Então, assine agora a nossa newsletter!

 



Deixe uma resposta